Skip to main content

A exposição Rio Música mostra, através de instalações digitais interativas, os diversos aspectos de cinco séculos de práticas musicais no Rio.

Um museu para ser tocado

O Centro de Referência da Música Carioca é mais que um espaço cultural - é a fusão bem-sucedida de tecnologia e cultura para renovar no País o interesse pela arte

Tamara Menezes

chamada.jpg
INTERAÇÃO
Na Mesa Musical é possível criar melodias sem o uso de instrumentos tradicionais

Programa Ideias - 14/05/2012
Publicado em 14/05/2012 - 16h00 • Atualizado em 15/05/2012 - 16h38

Fonte: http://www.megaportal.com.br/sites/pvdi/2012/04/25/exposicao-rio-musica/

Exposição Rio Música está aberta ao público desde o dia 25 de abril, no Centro Municipal de Referência da Música Carioca Arthur da Távola, na Tijuca.

A mostra, que faz parte do Programa “Rio Música” da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, focalizará os diversos aspectos da prática musical na cidade. Através de instalações interativas, vídeos e instrumentos musicais, a exposição abrange cinco séculos de música, desde os tupinambás até o século XXI,

Fonte: http://www.famalia.com.br/?p=13207

Mostra revela a prática musical no Rio de Janeiro desde os tempos dos índios até o século 21

Com curadoria de Rosana Lanzelotte, a exposição “Rio Música” reúne pela primeira vez instrumentos, vídeos e instalações digitais interativas abrangendo o panorama musical da cidade, desde os tempos dos índios tupinambás, no século 16, até o funk, rap e música eletrônica dos dias de hoje. A exposição é um projeto pioneiro na América Latina, e será acompanhada do portal www.riomusica.org.br, que disponibilizará um vasto banco de dados sobre a prática musical no Rio.

Fonte: http://www.annaramalho.com.br/news/blogs/anna-ramalho/8948-da-musica-ind...

Exposição "Rio Música"

Inaugurou nesta terça-feira (24) a exposição “Rio Música”, no Centro de Referência da Música Carioca. Com curadoria de Rosana Lanzelotte, cravista, pesquisadora, e doutora em informática, a exposição é um projeto pioneiro na América Latina e contou com a presença de convidados ilustres.

 

Fonte: Opnião e Notícia - http://opiniaoenoticia.com.br/cultura/contemplando-500-anos-de-musica-no...

“Quinhentos ou seiscentos selvagens não cessaram de dançar e cantar de um modo tão harmonioso que ninguém diria não conhecerem música”. Assim o viajante e escritor francês Jean de Léry descreveu as atividades musicais dos indígenas brasileiros no século 16. E é justamente graças à sua notação de seis cantos tupinambás que hoje conhecemos um pouco da produção musical antes da chegada dos europeus, podendo contemplar cinco séculos de composições brasileiras.

A curadora Rosana Lanzelotte

Um panorama destes 500 anos pode ser visto na exposição Rio música, que desde o dia 26 de abril no Centro de Referência da Música traz instrumentos, vídeos e instalações digitais interativas abrangendo a música do Rio de Janeiro, partindo das antigas manifestações dos tupinambás registradas por de Léry até os bailes funk. Com curadoria da cravista, pesquisadora e especialista em informática Rosana Lanzelotte, a exposição se divide em seis grandes temas: “O canto dos tupinambás”, “Instrumentália”, “Tempo”, “O caminho das notas”, “Mesa musical”, e “Teclas do Rio”.

O Globo (Email)
Publicado: 24/04/12 - 7h37

RIO - Buscando firmar programação e público após anos irregulares, o Centro de Referência da Música Carioca e o Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, ambos na Tijuca, estão montando exposições que se pretendem permanentes. A primeira, “Rio música”, abre na casa da Rua Conde de Bonfim 824 hoje, às 19h, para convidados — para o público, a partir de amanhã, às 10h.